50.000 enfermeiros estão a ser roubados ao povo português. E há um certo deputado que colabora?

50.000 ENFERMEIROS estão a ser “roubados” ao povo português.

Somos saloios, não somos parvos. Podem andar para ai a dizer que querem alterar o sistema, mas se atendermos apenas aos factos e não ao “parlapiado” pelos charlatões de pacotilha, não nos enganam. Como pode alguém ser contra um sistema que afinal fomenta e do qual obtém vantagens?